Nicolás Maduro pede ao FBI que investigue o atentado contra ele

Edição Brasil no EL PAÍS Maolis Castro

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que aceitaria a colaboração do FBI nas investigações do atentado com drones cometido há uma semana num desfile da Guarda Nacional Bolivariana em Caracas. O mandatário pediu ao procurador-geral, Tarek William Saab, que “ratifique” a proposta de “cooperação” com a Embaixada dos Estados Unidos na Venezuela. “Eu estaria de acordo que o FBI viesse [...] e ajudasse a desarticular as células terroristas que estão na Flórida”, afirmou Maduro no sábado, durante um ato militar.

Seguir leyendo.

, , , , , , , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this:
Read previous post:
Una joven argentina se resiste a una violación grupal y los agresores la desfiguran a golpes (FOTO)

Tres hombres intentaron abusar de la mujer en plena calle, pero ella logró defenderse con la ayuda de peatones.

Close