Mariano Jabonero: “Escola sem partido é uma coisa insólita”

Edição Brasil no EL PAÍS Afonso Benites

Trabalhando com educação há 45 anos, o professor espanhol Mariano Jabonero se diz surpreso com o projeto “Escola Sem Partido”, que prega o "fim da doutrinação" nos colégios e é uma das bandeiras do Governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). “Nunca vi algo como isso. Escola sem partido é uma coisa insólita”, sentencia. Ocupando o cargo de secretário-geral da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), Jabonero esteve na última semana no Brasil para lançar um estudo da entidade que aponta diretrizes para a educação brasileira, além de um projeto que pretende ampliar o ensino de espanhol e português nas fronteiras dos países latino-americanos. Entre um e outro evento ele concedeu uma entrevista ao EL PAÍS.

Seguir leyendo.

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this:
Read previous post:
La veterana Strycova adelanta a República Checa en final

La veterana Barbora Strycova, de 32 años, adelantó este sábado a la República Checa en el primer duelo de la...

Close