Bandeira de campanha, segurança impõe primeira crise real a gestão Bolsonaro

Diante de duas semanas de ataques no Ceará, Governo federal repete gestões passadas. Sua grande medida até o momento na área foi flexibilizar a posse de armas no país, medida que para alguns especialistas pode aumentar os homicídios

Uma semana de terror e medo em uma Fortaleza refém das facções

Mesmo com a chegada de homens da Força Nacional, a onda de atentados no Ceará muda a rotina das cidades. Transporte escasso, falta de coleta de lixo e ataques a patrimônios públicos mantém a população em pânico