Um recluso decidido a espalhar a morte na Catedral de Campinas

Analista de sistemas, armado com uma pistola e muita munição, esperou pacientemente até começar a matança. “Por que na igreja?”, se perguntam na cidade. A polícia ainda não tem respostas