Battisti, uma página da Itália atrás das grades após quatro décadas

O ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro: “Estamos empenhados em nos reunir em breve para fortalecer as ligações entre os nossos povos e os nossos governos”

Prisão de Battisti, o ‘presente’ de Bolsonaro ao ministro populista italiano no poder

Radical de esquerda italiano, condenado a prisão perpétua por quatro homicídios cometidos nos anos setenta, foi preso na Bolívia.
Chegada ao poder do militar da reserva provocou uma guinada radical na política externa brasileira em relação à do PT